Imagem: Letizia Ortiz – Princesa ou celebridade?

Sendo, claramente, uma das Princesas Europeias que mais domina a atenção dos media e, portanto, do grande público, é apontada pelos seus inúmeros fãs como uma mulher moderna, que veio trazer à Casa Real Espanhola uma lufada de ar fresco, e os seus passos são rigorosamente acompanhados e mediatizados, sendo o centro das atenções onde e como quer que esteja. A verdade irrefutável é que, amada ou detestada, a ninguém deixa indiferente e tem sabido prosseguir no seu percurso com inquestionável determinação.

O trajecto da Princesa Letizia enquanto membro da Casa Real Espanhola e figura pública foi inicialmente marcado por inúmeras polémicas: filha de pais divorciados, com mãe militante de esquerda mas, sobretudo, o facto de ser uma mulher divorciada foram razões que chocaram as alas mais conservadoras da sociedade espanhola. Outras polémicas se têm seguido ao longo dos últimos oito anos: a sua excessiva magreza que gera frequentes e recorrentes acusações de anorexia, as constantes mudanças de visual e estilo nem sempre para melhor (reveladoras, numa fase inicial, de alguma insegurança e indefinição quanto ao rumo a dar à sua imagem), os gastos excessivos com tratamentos de estética e vestuário (em tempos de grande crise é um comportamento que suscita conclusões controversas) mas, principalmente, a sua personalidade dominadora (que se revelou publicamente logo no momento em que interrompe o Príncipe, então ainda apenas noivo, na sua apresentação aos media), além da nada amistosa relação com as cunhadas, as Infantas Elena e Cristina.

Contudo, na actualidade, a Princesa é apontada como a “salvadora” da imagem da monarquia Espanhola, tendo em conta os sucessivos escândalos ocorridos (protagonizados pelo marido da Infanta Cristina e, pior ainda, pelo próprio Rei). Numa fase em que a Casa Real se demonstra preocupada especialmente com a gestão da sua imagem, estando a levar a cabo uma verdadeira campanha de comunicação (veja-se, por exemplo, o recente lançamento da nova página web) e a propósito do quadragésimo aniversário da Princesa foram divulgadas uma série de fotografias revelando-a nos seus diversos papeis.

Recorde-se que Letizia Ortiz Rocasolano nasceu em Oviedo a 15 de Setembro de 1972, filha de Jesús Ortiz Álvarez e Paloma Rocasolano Rodríguez, sendo a mais velha de três irmãs, uma das quais já falecida. Casou civilmente em 1999, tendo-se divorciado um ano mais tarde. É licenciada em Ciências da Informação, especialidade de Jornalismo, pela Universidade Complutense de Madrid. Tem igualmente um Máster em Jornalismo Audiovisual e inicia estudos de doutoramento no México. Começa a vida profissional muito jovem em diversos meios de comunicação, dos quais se destacam a Agência EFE e o Jornal ABC, mas é como Jornalista e Locutora da TVE que se torna conhecida do grande público.

O (inesperado) compromisso matrimonial com o Príncipe das Astúrias é anunciado pelos Reis de Espanha a 1 de Novembro de 2003 e o casamento acontece a 22 de Maio de 2004 na Catedral de Almudena, em Madrid. É mãe de duas filhas, as encantadoras Infantas Leonor (2005) e Sofia (2007).

Cristina Fernandes