Imagem: Considerações gerais sobre “dress code” em ambiente profissional formal

  • Lembre-se que as pessoas são (também e sempre) julgadas pela apresentação.
  • Em caso de dúvida sobre o ambiente, ou numa primeira abordagem, prefira o estilo conservador/clássico ao moderno/informal.
  • Um homem, em ambiente profissional formal, estará sempre bem com um fato escuro ( mesmo que sem gravata).
  • Não use roupa e calçado sujos ou com aparência pouco asseada e desleixada.
  • Atente ao cabelo (penteado e cor), manicure e pedicure, maquilhagem, dentes, utilização excessiva de perfumes.
  • O “little black dress” é um valor seguro para eventos de âmbito profissional (jogue com os acessórios).
  • Cumpra escrupulosamente o código do “smart casual”: é aqui que se vê quem sabe, ou não.
  • Use jeans com parcimónia e apenas em contextos adequados.
  • Não é apropriado usar calções, mini-saias e ombros nus em contextos formais.
  • A roupa desportiva reserva-se, exclusivamente, para a prática de desporto.
  • Evite fibras e “polyester” principalmente em climas quentes.
  • Não use “t-shirts” com frases ou estampados desadequados.
  • Por regra, elimine ténis e todo o tipo de chinelos.
  • Formalidade pode não ser significado de monotonia ou cinzentismo, desde que sejam feitas as devidas escolhas e conjugações.

 

Cristina Fernandes